Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
Pro Estrada

Notícias

Efemérides
Assessoria

28 de Abril de 2011

Saudáveis subversivos comemora 10 anos

Apresentações acontecerão em Penedo, Mar Vermelho, Viçosa e Maceió

Comemorando 10 anos, a Associação Artística Saudáveis Subversivos apresenta o espetáculo de Dança Desnuda, sobre a imagem do feminino. Estando em cartaz de 29 de abril a 02 de maio, as apresentações acontecerão nas cidades de Penedo, Mar Vermelho, Viçosa e Maceió.

Contemplado pelo Prêmio de Incentivo à Produção e Circulação de Projetos em Artes Cênicas em Alagoas, Desnuda nasce do encontro entre inquietações das interpretes criadoras sobre a relação da mulher com sua imagem na forma de 03 solos de Dança Contemporânea. Embora surja de questões pessoais, o espetáculo trata de temas que transpassam a vivência de cada mulher, como: a sensualidade, o sagrado, o feminismo e os estereótipos presentes no cotidiano da mulher contemporânea:

Em Sensual, Mary Vaz procura através da Dança a ativação de uma epiderme sensível, re-sensibilizando partes do corpo da mulher esquecidas pela cultura brasileira, como pescoço e costas, por meio de um contato pele-sedução;

A busca de um novo feminismo, trazido a cena por Charlene Sadd, é um momento de reconstrução. Nele, um corpo transpassado pela imagem de mulher objeto, massificada pela mídia, e pela memória do que foi em seu tempo o feminismo antigo, busca em nosso contexto social, atualizar-se para abrir alternativas de ser mulher que vão de encontro a esta visão consumista e estereotipada; e

Em Sagrado, Valéria Nunes mergulha no sagrado existente em toda mulher, busca o reconhecimento da figura feminina como intermediadora entre o mundo espiritual e o mundo material através da figura da Xamã.

Desnudando o corpo feminino por meio da Dança, ativa-se um processo de auto-conhecimento, em que emergem marcas dos discursos, das imagens, percepções, (pré) conceitos e os esquemas corporais absorvidos e conhecimentos presentes no corpo

Os/as espectadores/as são convidados/as a conhecer três ângulos pelos quais o feminino se percebe e se mostra. O cenário idealizado pela arquiteta Synara Hollanda envolve e aproxima os participantes, os quais neste espetáculo deixam de ser meros espectadores, numa atmosfera intimista, aliada às projeções dos vídeos criados por Glauber Xavier exclusivamente para o espetáculo, reforça o cuidado em trabalhar a construção de cada uma destas inquietações. A proximidade, inclusive física, traz os participantes para dentro da obra, numa vivência única de todos os detalhes da concepção cênica, compartilhando um diálogo delicado e profundo no qual os três ângulos se tocam e compõem a quarta obra: o espetáculo Desnuda.

Encontro que expõe equivalências, recortes, sensibilidades, contrastes, e acontece no lugar onde se cruzam Dança, Teatro, Audiovisual e Performance, construindo uma teia multilinguagem, rica de significados, que se propõe a dinamizar o pensamento sobre o ser mulher hoje, em Alagoas – Brasil, realidade que embora tenha avançado na conquista de direitos, continua marcada pelo machismo e pela violência contra a mulher.

Completando 10 anos de existência, as sensibilidades de três mulheres são a força geradora que leva o coletivo Saudáveis Subversivos a retomar as Artes Cênicas, atividade que deu origem à associação que atualmente realiza projetos sócio-culturais que trabalham transversalmente Arte, Educação e Tecnologias da Informação e da Comunicação, visando o empoderamento das linguagens artísticas e das tecnologias por comunidades menos favorecidas. Muito simbólico nesta data voltar onde tudo começou, sabendo que já não somos os mesmos, nos vemos em perspectiva, triangulando o que fomos, o que somos e desejamos ser e fazer em nossa Arte.

Tão simbólico quanto é voltar pelas mãos e pés de mulheres, aquelas que têm o poder de gerar a vida. A força feminina de Desnuda é o que nos inspira à reinvenção para novas saudáveis subversividades.

Desnuda foi Contemplada pelo Prêmio de Incentivo à Produção e Circulação de Projetos em Artes Cênicas em Alagoas Alagoas em Cena edição 2010, com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e da Secretaria de Estado de Cultura de Alagoas através de seu Fundo de Desenvolvimento de Ações Culturais; Apoio Cultural do CORETFAL, Instituto Zumbi dos Palmares, Espaço Cultural Linda Mascarenhas, Faculdade Raimundo Marinho, AABB - Penedo, Federação Nacional das AABBs, Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Viçosa, Prefeitura Municipal de Mar Vermelho, Panãn filmes e Casa Cênica. O projeto tem ainda a Produção de Udson Pinheiro, que conduziu com a sensibilidade e o cuidado de quem também experiencia o processo criativo nos palcos.

Para assistir à Desnuda basta retirar seu ingresso gratuitamente uma hora antes nos locais de apresentação nas cidades descriminados abaixo.

SERVIÇO:

29/04: AABB – Penedo, às 20hs.

30/04: Teatro Municipal de Mar Vermelho, às 19hs.

01/05: Clube Social, Viçosa, às 18hs.

02/05: Teatro Linda Mascarenhas (ao lado do CEPA) - Maceió, às 19hs

FICHA TÉCNICA:

Coordenação: Valéria Nunes.

Interpretes Criadoras: Charlene Sadd, Mary Vaz e Valéria Nunes.

Trilha Sonora, Vídeos e Iluminação: Glauber Xavier.

Preparador Corporal (Solos de Mary e Charlene): Jadiel Ferreira.

Produção Executiva: Udson Pinheiro.

Assistente de Produção, Figurinista e Cenografia: Synara Holanda.

Fotógrafa: Renata Marques.

Para mais informações, entre em contato através de: projetodesnudarse@gmail.com, 9998-0447 e 8831-6005, ou acesse: http://projetodesnudarse.blogspot.com/ e http://www.saudaveissubversivos.org/

Assessoria

Galeria de imagens

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5