Almanaque Alagoas - Vida inteligente na web
Federalcred Leste

Notícias

Violência
Ascom PC-AL
Material apreendido com o casal

07 de Setembro de 2012

Jovens confessam homicídio em Paripueira

Willians Amâncio dos Santos, conhecido como “Dão”, foi morto por causa de dívida de drogas

Policiais civis da Delegacia da cidade de Paripueira (13° DP), comandados pelo delegado José Rangel Ataíde, prenderam na noite desta quinta-feira (06) um casal acusado de tráfico de drogas e de ter assassinado Willians Amâncio dos Santos, conhecido como “Dão”.

“Dão” foi morto com vários tiros na noite de quarta-feira (05), na Rua do Caxéu, no município de Paripueira. Ele chegou a ser socorrido por populares quando afirmou que um dos seus executores era uma pessoa conhecida como “Cassaco”, e que o mesmo residia na cidade de São Luiz do Quitunde.

Diante dessa informação, os policiais civis de Paripueira iniciaram as investigações visando identificar e prender os autores do homicídio. Deslocaram-se até o município de São Luiz do Quitunde, onde na noite de ontem, com a ajuda de uma equipe da delegacia local, prenderam Izaíres dos Santos Souza, também conhecida por “Neguinha e aprenderam um adolescente de 17 anos.

Os policiais civis do 13° DP descobriram que a vitima era envolvida com o trafico de drogas na cidade de São Luiz do Quitunde e devia a importância de R$ 400, a Izaíres dos Santos, e uma outra quantia a um outro traficante conhecido por “Cassaco”.

Com o casal, a Polícia apreendeu 27 pedrinhas de crack; 30 bombinhas de maconha; vários papeis de seda, e a quantia de R$ 60,00 em espécie. Eles confessaram ter assassinado “Dão” por causa da dívida de droga.

Em seguida, os policiais civis de Paripueira conduziram “Neguinha” e o adolescente para a Central de Polícia, em Maceió, para serem autuados.

Ascom PC-AL

Comentários

Fabiano
id5 soluções web Tengu Criação - Tengu :: Tecnologia id5