Avião cai em Manaus e mata sete pessoas

21 / 04 / 11

As outras duas vítimas são o piloto e o co-piloto da aeronave

O dono da empresa Amazonaves Táxi Aéreo, Antônio Picão, sua esposa e as três filhas do casal — de 22, 18 e 16 anos — estão entre os mortos da queda do da companhia em Manaus, por volta das 15h desta quinta-feira. As outras duas vítimas são o piloto e o co-piloto da aeronave Seneca, modelo EMB-810 C, de prefixo PT-FSS. A família também levava o cachorro de estimação. As informações são do jornal Em Tempo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu nas proximidades da pista do Aeroporto Eduardo Gomes e os destroços se espalharam para fora da área do aeroporto, atingindo uma importante via da zona oeste da cidade.

Após o acidente, a Infraero anunciou a suspensão de todos os pousos e decolagens no aeroporto de Manaus. O avião, que tinha como destino a cidade de Santarém (PA), caiu no momento da decolagem.

Um amigo da família afirmou que o grupo iria para Santarém (PA), de onde seguiriam ao município de Alter do Chão, para passar o feriado de Páscoa.

A aeronave caiu de bico entre as cabeceiras 10 e 28 do Aeroporto Eduardo Gomes. Não há informações sobre as causas do acidente, que não resultou em explosão.

A Amazonaves atua no segmento de Táxi Aéreo na Amazônia deste a década de 90 e tem sua sede em no município de Tefé (AM).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *