Campo Alegre: Escola recebe visita de inspeção

06 / 08 / 11

A coordenadora regional de Educação, Ana Paula Freire, informou que as aulas serão retomadas nesta segunda-feira (8)

Em visita de inspeção e em contato direto com familiares de alunos, o secretário de Estado da Educação e do Esporte, Adriano Soares, assegurou que vai apurar de forma incisiva os fatos que levaram ao desabamento do teto de uma sala de aula da Escola Estadual Dom Constatino Lüers, em Campo Alegre, na noite da última quinta-feira (4).

Durante a visita, ontem (5), o secretário reforçou a necessidade de apuração dos fatos que levaram ao desabamento, já que a escola passou por uma reforma completa em 2005, no valor de mais de R$ 600 mil. “Isto que aconteceu foi lamentável. Não podemos colocar a vida de nossos alunos em risco. Por isso, temos que apurar e verificar de quem é a responsabilidade. O prédio só será reaberto quando toda a parte de madeiramento for substituída por uma coberta que não traga riscos”, afirmou Adriano Soares.

Na oportunidade, o secretário verificou as dependências da unidade escolar e anunciou ainda medidas que serão tomadas no que se refere à infraestrutura da rede de ensino do Estado.

“Criamos uma Comissão de Gerenciamento de Riscos da Infraestrutura das Escolas que, num prazo de oito dias, irá elaborar um relatório das ações que iremos implantar para o diagnóstico urgente e completo de nossa rede”, assinalou Soares.

Os trabalhos vão começar pelas unidades que já apresentam necessidades de intervenção, mas a meta é cobrir todas as 331 escolas espalhadas no Estado. Além desta medida, a Secretaria vai contratar uma empresa gerenciadora de serviços para auxiliar neste levantamento. “Com a informação da rede em mãos, poderemos planejar nossas políticas educacionais e ações de melhoria nas escolas”, frisou.

A visita foi acompanhada por engenheiros da SEE e 2ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), além de professores e da direção da escola. Para Marcos Fernando, diretor-geral da unidade, o desabamento foi inesperado.

“Não havia nenhuma marca ou sinal de que a madeira poderia quebrar ou o teto cair. Nós chegamos a enviar ofícios à Secretaria pedindo ações de manutenção na escola, mas isso se referia a pequenos reparos na rede hidráulica, elétrica, pintura. Mas o teto nunca apresentou problemas”, ressaltou o diretor.

A coordenadora regional de Educação, Ana Paula Freire, informou que as aulas serão retomadas nesta segunda-feira (8). “Já organizamos, junto com o município, o remanejamento dos alunos para outras duas unidades de ensino na cidade. Isso irá permitir a continuidade das aulas, sem maiores prejuízos para os nossos estudantes”, explicou a professora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *