Adiada 1ª etapa da vacinação contra aftosa

16 / 04 / 12

Prevista para maio, campanha teve data alterada por conta do levantamento soroepidemiológico no próximo mês em Alagoas

Por determinação do Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa em Alagoas – prevista para maio – foi adiada para o período de 1º a 30 de junho.

A decisão foi adotada pelo Ministério em função do levantamento soroepidemiológico que será realizado em Alagoas no mês de maio. A coleta de sangue dos animais para análise laboratorial tem como objetivo verificar a circulação do vírus da aftosa no Estado.

Após a realização da auditoria técnica, em março passado, a sorologia é o segundo passo no processo para a reclassificação de Alagoas como área livre da aftosa com vacinação.

O adiamento da primeira etapa da vacinação também foi determinado para os estados do Ceará, Maranhão, Pernambuco, Piauí e parte do Pará.

O levantamento soroepidemiológico será realizado em 78 municípios alagoanos que foram sorteados, semana passada, pelo Ministério da Agricultura.

Já as propriedades rurais – cujos rebanhos bovinos e bubalinos serão submetidos à coleta de sangue – ainda não foram definidas e só serão conhecidas após sorteio que será realizado pelo Mapa. O exame sorológico será realizado em 2.430 animais com idades entre 6 e 24 meses.

A sorologia será feita em 30 animais de cada propriedade rural. As amostras recolhidas serão encaminhadas para laboratórios previamente credenciados e selecionados pelo Ministério da Agricultura.

Capacitação

O Ministério vai realizar, nos dias 26 e 27 deste mês, o primeiro treinamento com os técnicos da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) que serão responsáveis pela condução do processo de sorologia em Alagoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *