Polícia Civil esclarece sumiço de cheques

24 / 04 / 12

Delegado, corretor, comerciante e autônomo já estão presos

A Direção da Polícia Civil de Alagoas informou na manhã desta terça-feira (24), que está esclarecida a investigação sobre o desaparecimento de cheques apreendidos na Operação Espectro, que estavam em poder da Delegacia de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública.

De acordo com as investigações conduzidas pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), os cheques foram retirados pelo delegado Haroldo Lucca Gonçales e utilizados em uma transação comercial.

A representação pela prisão dos envolvidos foi assinada pelos diretores da Polícia Civil. No momento estão presos, além do delegado, Marcos Gomes Pontes, corretor de imóveis; Márcio de Magalhães, comerciante e Cássio Felipe Moura, autônomo.

Além de ouvir vários depoimentos, a Polícia Civil teve acesso às gravações do edifício onde reside o delegado, e de uma agencia bancária, o que colaborou para a conclusão do trabalho desenvolvido pela polícia.

De acordo com as imagens obtidas, no dia 10 de abril, o corretor Marcos Gomes vai até o apartamento do delegado, onde teria recebido os cheques apreendidos na Operação. (Veja imagens abaixo)

Os mandados de prisão foram expedidos pela 17ª vara criminal da capital.

O delegado será conduzido à casa de custódia da PC, no bairro do Farol e os demais, para casa de custódia do Jacintinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *