Dilma garante R$ 1,1 bi para o Canal do Sertão

12 / 03 / 13

Governador Teotonio Vilela e secretário Marco Fireman assinaram termos de compromisso com o Ministério da Integração e a Codevasf

A presidenta Dilma Rousseff veio a Alagoas nesta terça-feira (12) para entregar, no município de Água Branca, os primeiros 65km do Canal do Sertão e anunciou investimentos de R$ 1,1 bilhão para a construção do canal até o quilômetro 122, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O governador Teotonio Vilela Filho e o secretário de Estado da Infraestrutura, Marco Fireman, assinaram termos de compromisso, junto ao Ministério da Integração Nacional e à Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), para a execução das obras.

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, também anunciou mais R$ 5 milhões para implantar os dois primeiros perímetros de irrigação associados ao Canal do Sertão. Os perímetros serão instalados pela Codevasf nos municípios de Delmiro Gouveia e Pariconha. A presidenta Dilma garantiu recursos ainda para pavimentar 49km da BR-316 e construir o viaduto da PRF em Maceió.

Durante a solenidade, o secretário Marco Fireman destacou o empenho do Estado para a realização da maior obra de infraestrutura hídrica de Alagoas. “É um orgulho fazer parte do governo Teotonio Vilela, que tirou o Canal do Sertão do papel e o transformou em realidade. A visita da presidenta representa a confiança do Governo Federal no Governo de Alagoas. E agora temos ainda mais trabalho pela frente para continuar construindo o canal”, disse.

O ministro Fernando Bezerra comentou a difícil realidade do Sertão alagoano e a esperança que o canal levou aos sertanejos. “No meio da seca, vejo a determinação de um Governo que começou sua obra com o ex-presidente Lula e continua com a presidenta Dilma. Temos hoje água para beber, para alimentar animais e para a irrigação no Sertão de Alagoas”, comentou. “Estamos construindo um Nordeste que não quer esmola, mas sim respeito e atenção”, completou o ministro, que afirmou que a região não é um problema, mas sim solução para o Brasil.

A importância do Canal do Sertão para a população sertaneja também foi destacada pela presidenta Dilma Rousseff. “Nosso Governo tem todo o interesse de fazer obras como essa, que combate a seca de forma eficiente. Queremos garantir ao Nordeste todas as oportunidades que têm o Sul e o Sudeste do Brasil”, afirmou.

A obra

Inserido no Programa de Aceleração do Crescimento, o Canal do Sertão é a maior obra de infraestrutura hídrica de Alagoas e uma das maiores do Nordeste. Cerca de R$ 1 bilhão já foram investidos no empreendimento, incluindo a contrapartida estadual na ordem de R$ 100 milhões.

O canal vai beneficiar 42 municípios e mais de 1 milhão de alagoanos, levando água para a população sertaneja anualmente atingida pela seca, melhorando a qualidade de vida da população e desenvolvendo a economia regional, além de contribuir para a redução do êxodo rural no Sertão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *