Limoeiro de Anadia recebe Programa Água para Todos

18 / 11 / 13

Prefeitura e Codevasf firmam convênio para instalação de 2 mil cisternas em várias comunidades rurais

Representantes da Prefeitura de Limoeiro de Anadia e técnicos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) se reuniram na quinta-feira (14/11), no gabinete do prefeito Marlan Ferreira (PP), para discutir a implementação do programa Água para Todos no município.

O primeiro contato deu-se no ano passado, quando o secretário municipal de Agricultura, Marcelo Rodrigues, procurou a 5ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf, em Penedo, para conhecer o programa. Limoeiro de Anadia é um dos 11 municípios contemplados na meta 2013/2014 para receber cisternas, que deverão beneficiar diversas comunidades que hoje sofrem com a falta de água.

Na reunião dessa quinta-feira participaram os secretários Wellington Diniz (Saúde), Telma Noronha (Assistência Social), Glauciane Veiga (Educação) e Marcelo Rodrigues (Agricultura), além do coordenador dos Programas Educacionais, Antônio Martins. A Codevasf foi representada pelos técnicos Márcio Cruz e Emanuel Santos, que fizeram explanações sobre o programa Água para Todos.

De acordo com Márcio Cruz, o engajamento de cada secretaria é de fundamental importância, uma vez que a dificuldade no abastecimento envolve diversas áreas. “Quando a água é de qualidade as pessoas adoecem menos e, consequentemente, o município gasta menos com saúde curativa. A Secretaria de Assistência Social também tem sua importância, pois tem mapeadas todas as famílias inclusas no CadÚnico, que deverão ser beneficiadas. Na área da Educação, muitas escolas não têm acesso à água potável, e isso interfere diretamente na qualidade do ensino. E a Agricultura, por si só, já é conhecedora dos problemas vividos pelo homem do campo”, frisou o técnico.

Durante a reunião ficou acordado que cada secretaria deverá fazer um levantamento geral do município, incluindo as comunidades rurais carentes de acesso à água. Aposentados que vivam exclusivamente da renda previdenciária, assim como escolas e postos de saúde situados em comunidades assistidas pelo programa também estão entre os beneficiados.

A indicação dos beneficiários do programa será de responsabilidade de comitês gestores municipais e comissões comunitárias, que deverão ser eleitos em breve. Esses grupos serão compostos por representantes da sociedade civil, sindicatos de representação rural, associações rurais, igrejas e poder público municipal.

Os comitês devem observar em suas indicações as diretrizes do programa: os beneficiários devem ser famílias que residam em áreas rurais, vivam em situação de pobreza ou extrema pobreza – o que significa possuir renda per capita mensal de até R$ 140 –, tenham carência de acesso à água e possuam inscrição no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) do governo federal.

“Fiquei muito satisfeito com a vinda do pessoal da Codevasf para Limoeiro. Seremos contemplados com mais de 2 mil cisternas, que deverão acabar com o sofrimento de comunidades como Areia Branca, Porto da Pedra, Juá, Jurema, Gulandim, entre outras, que hoje vivem em situação crítica e sendo abastecidas por caminhões pipas”, disse o secretário Marcelo Rodrigues.

AS CISTERNAS

Os reservatórios implantados pela Companhia são de polietileno e têm entre suas principais características a simplicidade do processo de instalação, a resistência e a vedação do armazenamento.

O abastecimento ocorre durante os períodos chuvosos: a água da chuva é aparada no telhado do local beneficiado e conduzida, por meio de um sistema de calhas e canos, para o interior do reservatório.

Com a observância de cuidados básicos – que são comunicados aos beneficiados em treinamentos específicos – a água é própria para saciar a sede e para o preparo de alimentos. Nas localidades em que a estiagem tem sido mais severa, as cisternas estão permitindo que os beneficiados guardem com segurança a água provida por carros-pipa. A vida útil do equipamento é estimada em 30 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *