Maceió terá em maio 1ª Marcha da Maconha

02 / 05 / 14

Manifestação está marcada para o dia 18 de maio, do Alagoinhas ao Posto Sete

Ativistas em defesa da descriminalização do uso da canabis sativa prapram uma grande manifestação em defesa da maconha em Alagoas. Trata-se da 1ª Marcha da Maconha em Maceió, marcada para ocorrer no próximo dia 18 de Maio, na orla da cidade. De acordo com os organizadores da manifestação, o ato em defesa do uso da maconha vem sendo organizado deste 2013. Eles prometem fazer uma manifestação representativa e muito animada, “para ficar marcada na história de Alagoas”.

“Desde o ano passado o coletivo vem se reunindo, preparando-se para esse grande dia. A 1ª Marcha da Maconha em Maceió vai ficar pra história da luta política e dos movimentos sociais em Alagoas, a nossa luta é uma luta que vem sendo travada a muito tempo e nos sentimos no inteiro dever de contribuir com ela”, afirma Felipe Oliveira, em sua página no facebook.

“O debate sobre a política proibicionista teve um progresso muito grande nos últimos meses, mas acreditamos que é pouco. Queremos mais, queremos que todos os polos da sociedade se nutram de formação para que possam tomar posições coerentes no debate. A 1ª Marcha da Maconha em Maceió vai acontecer no dia 18 de Maio e terá sua concentração no Alagoinhas, seguiremos até o posto 7 com muita intervenção política e som”, acrescenta o internauta.

Segundo os organizadores do ato, as Marchas são asseguradas por lei, considerando a decisão do Supremo Tribunal Federal na ADPF 187 que torna legal qualquer manifestação para liberdade de expressão. Os organizadores dizem também que ‘A Marcha da Maconha’ não faz apologia a maconha ou qualquer outra droga, apenas defende o uso sem discriminação. “Não use ou porte nenhuma substância ilícita, durante a manifestação. Vá de cabeça feita”, orientam os organizadores da marcha.

Mais informações pelo linck:

https://www.facebook.com/MarchaMaconhaMcz/photos/a.202872506543277.1073741828.202844999879361/291663277664199/?type=1&theater

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *