Defesa Civil mantém vigilância sobre áreas de risco em Maceió

19 / 02 / 15

Previsão para os próximos dias é de chuva moderada a fraca”, disse coordenador da Defesa Civil

Com a previsão de chuva forte até a manhã desta quinta-feira, 19, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) segue em estado de atenção devido ao grande volume de chuva que caiu em Maceió, desde a madrugada desta Quarta-Feira de Cinzas. O órgão vem monitorando áreas de risco, atendendo aos chamados e está preparado para auxiliar famílias em casos de alagamentos e deslizamentos de barreiras.

Até a tarde desta quarta-feira, 18, a Comdec havia recebido oito chamados. Foram atendidos casos na Chã da Jaqueira, onde aconteceu um deslizamento de terra causado pelo grande volume de água registrado na região. Uma família foi retirada de dentro da casa, que ameaçava desabar. Também foram registrados dois casos no Vale do Reginaldo, com a quebra de um cano de abastecimento de água e a invasão de uma casa por lama e lixo.

Em Cruz das Almas, no Conjunto Dom Adelmo Machado, um muro desabou. No Benedito Bentes, a parede de uma casa de taipa foi a baixo e a família foi retirada. As equipes da Prefeitura estiveram na Vila Emater, checando outra solicitação dos moradores. Mais cedo, a Coordenação registrou ocorrências em Bebedouro, onde uma barreira deslizou e derrubou um muro. Não houve vítimas.

“Em caso de chuva forte, a orientação da Comdec é a de que os moradores de áreas de risco deixem o local e procurem abrigo em casa de parentes. Quem estiver na rua, o indicado é que as pessoas não saiam de carro e evitem trafegar em locais da parte baixa de Maceió, onde historicamente são registrados alagamentos”, disse o coordenador da Defesa Civil Municipal, Dinário Lemos. A população pode entrar em contato com a Defesa Civil pelos telefones 0800-0306205/ 3315-1437/ 8884-2020.

Previsão do tempo

A forte chuva registrada hoje foi além do esperado, superando em muito os 23 milímetros previstos. No bairro do Farol, por exemplo, o pluviômetro instalado na sede da Comdec registrou 107 milímetros, quatro vezes mais do que o esperado. O pluviômetro instalado em Cruz das Almas registrou um volume de chuva de 80 milímetros, enquanto que no bairro do Trapiche, na Região Sul de Maceió, choveu 73 milímetros.

A previsão é de mais 100 milímetros nas próximas 24 horas, segundo informações da Sala de Alerta da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh). Até as 9h30 desta quarta-feira, a Comdec havia registrado três ocorrências. “Estamos atentos, averiguando os riscos em toda a cidade, dando o suporte necessário aos cidadãos sempre que somos chamados. O radar mostra uma grande massa de chuva sobre o mar, apontando que ela não deve cair com intensidade na capital. A previsão para os próximos dias é de chuva moderada a fraca”, disse o coordenador da Defesa Civil Municipal, Dinário Lemos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *