Cachaças se destacam e movimentam turismo

13 / 09 / 16

Alambique tradicional de cobre da cachaça Caraçuípe que é feita na cidade de Campo Alegre e fabricada em barris de carvalho e jequitibá rosa

Nesta terça-feira (13), comemora-se o Dia Nacional da Cachaça, uma bebida genuinamente brasileira e que conquista adeptos em todo o mundo. A cachaça é obtida através da destilação do caldo da cana-de-açúcar fermentado.

Alagoas se destaca no ramo, tendo fábricas especializadas na elaboração de cachaças conhecidas e premiadas mundialmente, que encantam e atraem turistas à região. A cachaça Gogó da Ema está presente no mercado desde 2004. Ela é produzida em um alambique artesanal, que fica localizado na Fazenda Recanto, no município de São Sebastião, no agreste do Estado.

Recentemente, a Gogó da Ema Tradicional, armazenada por 2 anos em tonéis de bálsamo, foi premiada por dois dos mais renomados concursos de bebidas destiladas do mundo: o New York World Wine & Spirits Competition e o China Wine & Spirits Awards.

Outra importante cachaça produzida em Alagoas é a Caraçuípe, que é feita na cidade de Campo Alegre. Ela é fabricada em um alambique tradicional de cobre e envelhecida em barris de carvalho e jequitibá rosa. Em 2015, a bebida ganhou fama ao ser premiada no Concurso Mundial de Bruxelas, Edição Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *