Morre Carlos Mendonça, do Instituto Arnon de Mello

14 / 05 / 20

Alfredo Gaspar de Mendonça, filho dele, também está internado com a doença

O presidente do Instituto Arnon de Mello (IAM) e do Conselho Estratégico da Organização Arnon de Mello, Carlos Mendonça, faleceu nesta quarta-feira (13). Ele estava em tratamento na Santa Casa de Misericórdia de Maceió desde que foi diagnosticado com Covid-19. A informação foi confirmada pela assessoria.

“Comunicamos com pesar o falecimento do Dr. Carlos Mendonça, ocorrido na manhã de hoje na Santa Casa de Maceió, onde lutava contra a Covid-19. O grande alagoano que tanto contribuiu com a vida pública do nosso Estado deixa a esposa, Dona Felina Mendonça, e os filhos Rosa, Vera e Alfredo Gaspar, genros, nora e netos”, diz trecho da nota (leia na íntegra ao final do texto).

Doutor Carlos, como era conhecido, nasceu em 1938, na cidade alagoana de Palmeira dos Índios. Era formado em direito pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e mestre em direito público pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Poeta, ele também era membro da Academia Alagoana de Letras (AAL), onde ocupava a cadeira de número 19, cujo patrono e anterior ocupante era o poeta Lêdo Ivo.

Família com Covid-19
Além de Mendonça, o filho dele, o ex-procurador-geral de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça, e o neto, Mendonça Neto, também foram diagnosticados com Covid-19.

Alfredo Gaspar estava em tratamento domiciliar, mas precisou ser internado na terça (12) após apresentar quadro febril e aumento do comprometimento pulmonar. Mendonça Neto segue em tratamento domiciliar.

Leia a íntegra da nota de falecimento divulgada pela família

Nota de Falecimento

Comunicamos com pesar o falecimento do Dr. Carlos Mendonça, ocorrido na manhã de hoje na Santa Casa de Maceió, onde lutava contra a Covid19. O grande alagoano que tanto contribuiu com a vida pública do nosso Estado deixa a esposa, Dona Felina Mendonça, e os filhos Rosa, Vera e Alfredo Gaspar, genros, nora e netos. A família agradece pelas orações e pelo apoio de todos e informa que o velório e o sepultamento seguirão as normas determinados para o período de pandemia.

Em foto de arquivo, ex-procurador-geral de Justiça Alfredo Gaspar aparece dando um beijo no pai, Carlos Mendonça — Foto: Arquivo pessoal
Em foto de arquivo, ex-procurador-geral de Justiça Alfredo Gaspar aparece dando um beijo no pai, Carlos Mendonça — Foto: Arquivo pessoal

13/05/2020 13h50 Atualizado há 14 horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *