Após “vazamentos”, Omar Aziz e Renan Calheiros estão sem se falar

21 / 10 / 21

Presidente da CPI da Covid-19 disse à coluna que só voltará a conversar com o relator após Renan apresentar a versão final do relatório

 

Piorou ao longo desta segunda-feira (18/10) o clima entre o presidente da CPI da Covid-19 no Senado, Omar Aziz (PSD-AM), e o relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL).

A colegas de CPI, Aziz se disse “muito irritado” com o que chama de “vazamento” do relatório final por Renan, antes de discutir previamente o teor do parecer com os demais senadores do G7, grupo majoritário do colegiado.

À coluna, o presidente da CPI admitiu estar sem falar com o relator. “Só vou conversar quando ele apresentar o parecer”, disse Aziz, ponderando ter falado “somente o necessário” com Renan na sessão desta segunda.

Ciente da irritação do senador amazonense, Renan disse estar “aberto” a discutir mudanças no relatório. “O parecer não será do relator, mas da maioria da CPI”, afirmou à coluna do Guilherme Amado.

Aziz, porém, diz temer que o relator use a resistência de integrantes do G7 a algumas de suas ideias para o relatório final, para jogar a culpa nos colegas por eventuais não indiciamentos.

“Não quero que ele fale: ah, eu queria pedir o enforcamento do Bolsonaro, mas os colegas senadores não queriam”, afirmou o presidente da comissão à coluna.

 

FONTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *