Oito chapas disputam o Governo-tampão de Alagoas

12 / 05 / 22

Paulo Dantas escolhe José Wanderley como vice e é considerado favorito do pleito marcado para domingo, às 13hs, no plenário da Assembleia

Autor: Ricardo Rodrigues

CHAPAS REGISTRADAS:

01) Luciano Fontes e Rogers Tenório (Bombeiros Militares);

02) Cabo Bebeto e Leonardo Dias (PL);

03) Flávio Catão e Rocielle Almeida (Servidores Públicos);

o4) Francisco Aureliano e Jeová Evaristo (Engenheiro e Instrutor de Trânsito);

05) Wadeildo Bezerra e Niedja Santos de Oliveira (Profissionais da Saúde);

06) Davi Maia e Siderlane Mendonça (União Brasil e PSB);

07) Danubia Barbosa e Arlan de Oliveira Silva (Cientistas Políticos);

08) Paulo Dantas e José Wanderley (MDB).

Até o início da tarde desta quinta-feira, eram oito chapas registradas na Assembleia Legislativa de Alagoas dispostas a disputar a eleição indireta para o Governo do Estado, no próximo domingo (15/5). Todas as chapas tinham candidato a governador e candidato a vice, conforme recomendam as regras do novo edital.
As inscrições ainda se encontravam abertas, quando a assessoria do deputado estadual Paulo Dantas informava que a qualquer momento a chapa dele seria registrada, mas não adiantava o nome do candidato a vice. Só no início da tarde, foi confirmado o nome do médico José Wanderley Neto como vice de Dantas.
Com as inscrições do deputado estadual Davi Maia (União Brasil), ao cargo de governador; e do vereador por Maceió José Siderlane Araújo de Mendonça (PSB), ao cargo de vice-governador; o setor de protocolo da Assembleia Legislativa registrava, no final da manhã, a 6ª chapa a disputar o Governo de Alagoas.
Outras duas chapas foram registradas logo depois, entre elas a chapa considerada favorita, encabeçada pelo deputado estadual Paulo Dantas (MDB) e tendo como vice, José Wanderley, ex-vice-governador de Alagoas.
CARGOS EM DISPUTA
Os cargos em disputa estão vagos desde as renúncias de Renan Filho, em abril último; e Luciano Barbosa, após as eleições municipais de 2020, quando ele foi eleito prefeito de Arapiraca e assumiu a prefeitura em janeiro de 2021.
Segundo a Mesa Diretora da Assembleia, a eleição indireta para o preenchimento dos cargos, está marcada para o próximo domingo, a partir das 13 horas, no plenário do Parlamento alagoano.
Os 27 deputados estaduais, que escolherão os novos governantes, já foram convocados para a sessão especial. Cada deputado terá direito a votar em apenas uma chapa. A chapa mais votada será declarada eleita.
A sessão será presidida pelo presidente da Assembleia, deputado estadual Marcelo Victor, acompanhado por mais integrantes da Mesa Diretora. Entre as chapas registadas, três são encabeçadas por parlamentares: Cabo Bebeto (PL), Davi Maia (UB) e Paulo Dantas (MDB).
As demais chapas contam com representantes da sociedade civil organizada, entre eles dois bombeiros militares (Luciano Fontes e Rogers Tenório) e dois servidores públicos (Flávio Catão e Rocielle Almeida).
O candidato governista, ou seja, com o apoio do ex-governador Renan Filho (MDB), é o deputado Paulo Dantas, ex-prefeito de Batalha e líder da maioria na Assembleia. Ele é considerado favorito, porque dos 27 deputados, pelo menos dois terços já declararam apoio ao nome dele para governador-tampão.
DOIS DA OPOSIÇÃO
Dois deputados disputam o pleito indireto pela oposição: Cabo Bebeto (PL) e Davi Maia (UB). Os dois têm algo em comum, são filiados a partidos da base aliada do governo Jair Bolsonaro, pré-candidato à reeleição. Enquanto Dantas, que é governista, já declarou apoio à pré-candidatura de Lula à Presidência.
Liderando a chapa, o deputado Davi Maia é natural de Maceió, tem 35 anos de idade e é formado em Gestão Pública. Atua no Parlamento alagoano desde janeiro de 2019. Pleiteando o cargo de vice-governador, José Siderlane Araújo de Mendonça também é maceioense e foi reeleito vereador por Maceió em 2020, assumindo o cargo em janeiro de 2021.
QUINTA E QUARTA CHAPAS
Além das chapadas encabeçadas por parlamentares, outras cinco foram registradas. A quinta chapa, protocolada na manhã desta quinta-feira, tinha como pleiteantes às vagas de governador e vice-governador Wadeildo José Gomes Vasconcelos Bezerra e Niedja Santos de Oliveira, respectivamente.
Alagoano de Maceió, Wadeildo José Gomes Vasconcelos Bezerra tem 47 anos de idade e é técnico em radiologia. Já a pleiteante ao cargo de vice-governadora, Niedja Santos de Oliveira, é enfermeira e tem 57 anos.
A quarta chapa registrada é encabeçada por Francisco Aureliano Rocha de Vasconcelos Teixeira e tem como candidato a vice-governador, Jeová Evaristo da Silva

Natural de Maceió, Francisco Aureliano Rocha de Vasconcelos Teixeira é natural de Maceió, tem 38 anos de idade, é engenheiro civil e residente em Chã Preta. Já o seu companheiro de chapa, Jeová Evaristo da Silva é natural do município de Branquinha, onde reside, tem 61 anos de idade e atua como instrutor de trânsito.

CABO BEBETO

O deputado Cabo Bebeto e o vereador por Maceió, Leonardo Dias, ambos do PL, formam a segunda chapa inscrita para concorrer aos cargos de governador e vice-governador, respectivamente. A inscrição da chapa deles foi protocolada ontem (14/5), pela manhã.
Até então, 72 horas antes do pleito, qualquer cidadão ou cidadã poderia se inscrever aos cargos, desde que brasileiro, estar no pleno exercício dos direitos políticos, possuir alistamento eleitoral, ter domicílio eleitoral no estado de Alagoas, estar filiado a partido político, ter idade mínima de 30 anos, não apresentar nenhuma das hipóteses de inelegibilidade previstas no artigo 14 da Constituição Federal e na Lei Complementar 64/1990.
As inscrições, que deveriam ser feitas por chapas apresentadas ao serviço de Protocolo Geral da Assembleia Legislativa, foram encerradas por volta das 13 horas. Em conformidade com o edital publicado pelo presidente da Casa, deputado Marcelo Victor, os nomes dos candidatos, chapa por chapa, seriam publicados, nesta quinta-feira (12/5), no Diário Oficial Eletrônico do Poder Legislativo.
A partir daí, começa a correr o prazo para eventuais pedidos de impugnação. Ficando a Mesa Diretora e sua assessoria jurídica de analisar esses pedidos e julgá-lo, publicando a lista definitiva dos candidatos, chapa por chapa, logo em seguida, conforme preconizam as regras do pleito.
No entanto, a manutenção ou não do pleito ainda precisa do crivo do pleno do Supremo Tribunal Federal (STF), que ficou de julgar o mérito da questão, com base no parecer do ministro Gilmar Mendes, até o final da tarde, início da noite, dessa sexta-feira, 13 de maio.
No entendimento do ministro Gilmar Mendes, o pleito deveria ser mantido, mudando apenas algumas regras, entre elas o registro de candidaturas por chapas, como os dois candidatos, um a governador e outros a vice-governador.

Atualmente, o Executivo estadual está sendo administrado provisoriamente pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Kléver Loureiro, que assumiu o cargo no dia 2 de maio.
PRIMEIRA CANDIDATURA
A primeira chapa inscrita para disputar os cargos vacantes foi a composta pelos bombeiros militares Luciano Valdomiro Silva Fontes e Rogers Tenório dos Santos. A inscrição deles foi protocolada na tarde da terça-feira, 10 de maio.
Encabeçando a chapa, Luciano Valdomiro Silva Fontes é natural de Arapiraca, tem 43 anos de idade e residente em Maceió. Ele é cabo do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, lotado no 3º GBM. Já o candidato a vice-governador, Rogers Tenório dos Santos, é maceioense, tem 48 anos e é 3º sargento pertencente ao 9º GBM.
CHAPA DOS SERVIDORES
A terceira chapa registrada tem dois servidores públicos na disputa. Flávio Henrique Catão Nogueira e Rocielle Almeida Pacheco apresentaram, conjuntamente, suas candidaturas a governador e vice-governador do Estado na tarde da quarta-feira, 11/5, na Assembleia Legislativa.
Servidor público, Flávio Catão tem 41 e é natural do município de São José da Laje, onde disputou o cargo de vice-prefeito nas eleições de 2020. Já sua companheira de chapa, Rocielle Pacheco, é economista, advogada e servidora pública municipal.
OUTRA CHAPA
Outra chapa saída da sociedade civil organizada tem como pleiteantes às vagas Wadeildo José Gomes Vasconcelos Bezerra, candidato a governador, e Niedja Santos de Oliveira, candidata a vice-governadora.
Alagoano de Maceió, Wadeildo José Gomes Vasconcelos Bezerra tem 47 anos de idade e é técnico em radiologia. Já a pleiteante ao cargo de vice-governadora, Niedja Santos de Oliveira, é enfermeira e tem 57 anos.
SÉTIMA CHAPA
A sétima chapa inscrita para disputar o Governo de Alagoas é composta por Danubia Karlla da Silva Barbosa ao cargo de governadora, e Arlan Montilares de Oliveira Silva ao cargo de vice-governador.
A candidata a chefe do Executivo alagoano, Danubia Karlla da Silva Barbosa é natural de Maceió, tem 41 anos e é socióloga. Seu companheiro de chapa, Arlan Montilares de Oliveira Silva, tem 34 anos, também natural de Maceió e é cientista político por formação.
A documentação dos candidatos, apresentada pelas oito chapas em disputa, pode ser acessando o link disponibilizado pelo site oficial da Assembleia, na internet.
ÚLTIMA CHAPA
A última chapa a ser registrada é encabeçada pelo deputado Paulo Dantas como candidato a governador e o médico José Wanderley Neto (ambos do MDB) como candidato a vice-governador.
Com a inscrição da chapa deles, ao todo, oito chapas participam das eleições indiretas para o Governo de Alagoas, neste domingo, às 13 horas, na Assembleia Legislativa.
Encabeçando a chapa, o deputado Paulo Dantas tem 43 anos, nasceu em Maceió, é formado em Administração e está em seu primeiro mandato como deputado estadual, tendo sido eleito em 2018.
Compondo a chapa com Dantas, José Wanderley Neto é natural de Palmeira dos Índios, tem 72 anos, é médico cardiologista e já exerceu o cargo de vice-governador do Estado, no período de 2007 a 2011, na primeira gestão do ex-governador Teotônio Vilela Filho.

Um Comentário em “Oito chapas disputam o Governo-tampão de Alagoas

Rico
18 de maio de 2022 em 08:44

Muito oportuna a materia; parabéns

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *