Dantas, Rui e Collor serão confirmados nesta 6ª feira

04 / 08 / 22

Maioria dos candidatos deixou para última hora a definição das chapas, algumas serão definidas de última hora, momentos antes das convenções partidárias

Autor: Ricardo Rodrigues

Maioria dos candidatos deixou para última hora a definição das chapas, algumas serão definidas de última hora, momentos antes das convenções partidárias.

A menos de dois meses para as eleições de 2022, os candidatos proporcionais e majoritários já estão praticamente definidos, mas algumas chapas majoritárias ainda não estão totalmente montadas. Algumas serão fechadas de última hora, momentos antes das convenções partidárias programadas para essa sexta-feira (5/8), quando termina o prazo estipulado pela Justiça Eleitoral.

Dos quatro principais candidatos ao Governo do Estado, apenas o senador Rodrigo Cunha (UB) já teve seu nome homologado, os demais deverão ser confirmados até amanhã. A convenção do União Brasil em Alagoas, que escolheu a deputada estadual Jó Pereira (PSDB) como candidata a vice-governadora, foi realizada no sábado (30), no Centro Empresarial Norcon, no bairro de Mangabeiras, em Maceió.

A assessoria do governador Paulo Dantas (MDB), que terá como vice o ex-governador Ronaldo Lessa (PDT), confirmou a convenção partidária para amanhã, a partir das 11 horas, no Espaço Pierre Chalita, na Pajuçara.

Além de Dantas, o MDB lança oficialmente a candidatura do ex-governador Renan Filho ao Senado. Na oportunidade, será confirmada a coligação com PT, PV, PCdoB, PDT, Podemos, PSC, Avante e Solidariedade, além de apresentar os nomes dos candidatos a deputado federal e a estadual pelo MDB.

Já o ex-prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSD), que ainda não divulgou oficialmente o nome do vice, terá seu nome homologado na convenção partidária também na sexta-feira, pela manhã, na sede do partido, na Vila Bancária, no bairro do Poço.

O senador Fernando Collor (PTB), outro que ainda não escolheu quem será seu candidato a vice, também terá o nome homologado no último dia, mas ainda não divulgou o local da convenção. O ex-presidente ainda não escolheu quem será seu candidato ao Senado ou se irá apoiar um nome de outra coligação.

O período para as convenções começou no último dia 20 de julho e prossegue até 5 de agosto, em todo o País, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em Alagoas, além do União Brasil, que confirmou Rodrigo Cunha, o PSOL já definiu seu candidato, será o professor Cícero Albuquerque. O partido terá também, como candidato ao Senado, o engenheiro agrônomo Mário Agra. A convenção do PSOL foi realizada no último dia 30 de julho, na sede do Ifal, no bairro do Poço.

O partido da Unidade Popular (UP) também já realizou sua convenção, no último domingo, numa casa de eventos no bairro do Clima Bom, periferia de Maceió. No entanto, o partido só lançou candidaturas proporcionais. Na majoritária, vai apoiar os candidatos do PSOL: Albuquerque para governador e Agra para senador.

A Federação Partidária Brasil da Esperança, que reúne PT, PCdoB e PV, também já realizou sua convenção em Alagoas, mas só homologou candidaturas proporcionais. Na majoritária, os três partidos apoiam a candidatura de Dantas para o Governo e de Renan Filho para o Senado.

O ex-deputado federal Régis Cavalcante (Cidadania) disse que iria disputar o Governo do Estado, mas não divulgou onde será a convenção do partido. Apesar de fazer parte de uma Federação Partidária, em nível nacional, com MDB e PSDB, o Cidadania de Alagoas ainda não definiu com quem irá se coligar ou se irá lançar uma chapa solo.

A professora Mônica Carvalho, que se lançou pré-candidata pelo Solidariedade, desistiu de disputar o Governo do Estado, nas eleições deste ano. Segundo sua assessoria, ela declarou apoio à candidatura do governador Paulo Dantas.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *