Lenilda Luna critica comentário do candidato à Presidência

27 / 08 / 22

Candidata a deputada federal pela UP diz que discurso de Bolsonaro afronta e desrespeita às milhares de famílias que não têm o que comer no Brasil

Autor: Assessoria UP

A candidata a deputada federal pela Unidade Popular (UP), Lenilda Luna, criticou o comentário de Bolsonaro durante entrevista, dizendo que não há fome no Brasil porque ninguém vê pessoas pedindo pão na fila da padaria. “É uma afronta e um desrespeito às milhares de famílias que não têm o que comer enquanto Bolsonaro gasta milhões no cartão corporativo e decreta sigilo para não sabermos qual a conta que estamos pagando”, disse a candidata em atividade no Centro.

Na manhã deste sábado, a Unidade Popular realizou panfletagem e usou um equipamento de som para dialogar com a população. Além da candidata a deputada federal, estavam presentes os candidatos à Assembleia Legislativa de Alagoas, o jornalista Deraldo Francisco e a catadora de materiais recicláveis, Vânia Gomes. “As campanhas da UP em todo país são assim, conversando com as pessoas, nas ruas, de casa em casa, no Centro da cidade, nos terminais de ônibus, nas portas das empresas. Onde quer que os trabalhadores e trabalhadoras estejam”, enfatizou Lenilda.

Na próxima sexta-feira (2), a partir de 16h, os candidatos e a militância da UP estarão de novo no calçadão do Centro, dessa vez nas proximidades do antigo Produban. “Vamos receber com muito entusiasmo o nosso candidato a presidente, Leonardo Péricles. Ele vem apresentar as propostas da UP que incluem suspensão do pagamento e auditoria da dívida pública, taxação de grandes fortunas, revogação das reformas da previdência e trabalhista, a criação de frentes de trabalho e auxílio emergencial de R$ 2,4 mil”, adiantou a candidata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *